Abomináveis na grandeza
Os reis da mina e da fornalha
Edificaram a riqueza
Sobre o suor de quem trabalha

Todo o produto de quem sua
A corja rica o recolheu
Queremos que nos restituam
O povo quer só o que é seu

Nós fomos de fumo embriagados
Paz entre nós guerra aos senhores
Façamos greve de soldados
Somos irmãos trabalhadores

Se a raça vil cheia de galas
Nos quer à força canibais
Logo verás que as nossas balas
São para os nossos generais
youtube.com/watch?v=vYHSHY0r1i

· · Web · 1 · 2 · 0

@cevado Já levantei da cadeira cantando tudo no ritmo do hino e soltando uma lágrima em "somos irmãos trabalhadores".

Sign in to participate in the conversation
ACP

The social network of the future: No ads, no corporate surveillance, ethical design, and decentralization! Own your data with Mastodon!